Candles 01

       


Jose "BOJAY" Soares Galvao

May 4, 1966 ~ November 23, 2018 (age 52)
Obituary Image

Galvao, Jose Soares, known to everyone as "BOJAY", originally from Fogo, Cabo Verde passed on November 23, 2018 in Boston, Massachusetts. 

Beloved son to Marciana Soares Galvao and the late Carlos Docanto Galvao, both of Cabo Verde. 

He was a loving father to Joshua, Dorien and Ava Galvao. He leaves his brothers and sisters Maria Galvao-Jackson, Maria, Rosa, Louisa, Henry, Emanuel and Carlos Galvao. 

He also leaves his long time companion Elza Rosa, and a host of nieces, nephews, other relatives and friends. 

He was predeceased by his father and brother Guimar. 

Visitation with family on Wednesday, November 28, 2018 from 5-9 PM, at St. Patrick Church, 400 Dudley Street, Roxbury, MA 02119.

Funeral Mass will be on Thursday, November 29, 2018 at 10 AM also from the church. 

Interment will follow funeral mass to New Calvary Cemetery, Walk Hill Street, Mattapan, MA. 

To leave condolences for the family visit www.georgelopesfuneralhome.com

Arrangements entrusted to George Lopes Funeral Home, 821 Cummins Highway, Mattapan, MA 02126. 

Obituary

Menino manso que nasceu há 52 anos, mas parece que ontem que te vi nascer. Tão pouco tempo.

A tua chegada foi anunciada no quente mês de Maio pelas mãos das nossas parteiras Mulatinha e outras.

Mas ninguém anunciou a tua partida, na fria noite de Novembro.

A tua chegada foi anunciada ao som da rabecada organizada pelo teu pai Nhonhozinha naquela “Noti Sete” de Galinheiro à luz dos candeeiros.

Também despediste como chegaste ao som da nossa música, na noite de Thanksgiving, dançando  e rindo como o menino manso que conhecemos.

Mas procuraste o silêncio e a escuridão da noite para partires para que ninguém sofresse com a tua dor.  Acredito que tenhas dado um ultimo sorriso de despedida mas ninguém viu.

Bojay, leva uma mantenha ao nosso Gui, ao tio Nhonhozinho, ao tio Tchiquinho, à Titia, ao Primo, à Iaí, ao Checha e à Nena.

Eu não senti forças para te dar o último abraço, porque o caminho é certo mas todos querem adiar esta viajem sem regresso.

Até um dia quando te encontrarmos no jardim celestial ao lado do Pai todo poderoso

Só nos resta recordar os nossos longos dias de azágua abundante no nosso pátio e daquele choque de bola com o Tony de Zina ou sob o sol ardente da Galé, Salina, Praia Grande a correr atráz da bola que o tio Nhonhozinho trouxe-te de Portugal.

O Zé Rui di Nha Auzenda perguntou por ti certamente recordando aquelas partidas de futebol na Vila Nova-Praia.

No próximo verão vamos fazer a nossa fogueira no Boston Gas, na Georoge Island e na nossa Gayland St. de saudades e da nossa juventude despreocupada.

Tu não estarás mas serás  para sempre recordado pelo Luis, Mula, Nelson, Ovídio, Tchálo e um infindável numero de amigos do Madison Park e do Fundonzinho onde e rimos e imitámos as passadas dos tios Nhonhozinho e Vital batendo com o pé no chão com toda a força.

 Adeus Bojay, até um dia!!!  

Teu primo e irmão mais velho Valdir Alves!!!!

© 2018 George Lopes Funeral Home. All Rights Reserved. Funeral Home website by CFS